Conduzir no Inverno

  Descarregar PDF

image1

Nos distritos de Bragança, Guarda, Vila Real e Viseu, o Inverno é um desafio para os condutores. A segurança é uma prioridade da Infraestruturas de Portugal, na garantia de estradas seguras e na oferta de um serviço de viabilidade invernal eficiente.

As condições meteorológicas podem ser imprevisíveis, colocando exigências extra no veículo e nas capacidades de lidar com o veículo e o meio. Verifique se está bem preparado para as estradas no Inverno, ajustando a velocidade de condução às condições existentes. 
 
 
Condução no Inverno
 
Fique atento, desacelere e não trave a fundo - os três elementos-chave na condução segura no inverno são:
  1. Circular de acordo com as condições meteorológicas e da estrada; 
  2. Manter uma distância segura ao veículo à sua frente, de forma a necessidade de evitar travar de repente;
  3. Mantenha a calma e conduza com precaução.
 
O seu veículo está pronto?
 
Verifique se o seu veículo está mecanicamente pronto para os rigores do Inverno. Verifique os pneus, manutenção, líquidos de refrigeração combustíveis, aquecimento, etc.
A condição dos pneus do seu veículo é importante. Pneus desgastados ou danificados podem prejudicar a capacidade de condução em segurança. 
Todos os pneus têm indicadores de desgaste, que são pequenas barras de borracha localizados entre os sulcos do piso de um pneu. 
Quando o piso estiver gasto ao nível dos indicadores de desgaste, o pneu atingiu o limite e deve ser substituído, já que deixaram de garantir a tracção suficiente na chuva ou neve. Lembre-se de verificar a pressão de ar dos pneus, pois esta diminui com o tempo frio. 
Considere o uso de pneus de Inverno, já que estes melhoram a segurança da condução, proporcionando uma melhor tracção, capacidade de travagem, utilização durante a geada, neve, lama e particularmente em condições de gelo. 
Instalar quatro pneus de Inverno proporciona maior controlo e estabilidade no Inverno. 
Antes de iniciar a marcha, deve limpar a neve e o gelo de todas as janelas, luzes e espelhos.
 
Proposta para usar na viatura
 
Kit de Sobrevivência para o Inverno, com alimentos adicionais, é uma boa ideia ter um kit de sobrevivência para no seu veículo, pode proporcionar algum conforto e segurança. Itens recomendados: 
  • Raspador de gelo;
  • Pá;
  • Cinta ou cabo de reboque;
  • Correntes para a neve ou equivalentes;
  • Cabos de arranque; 
  • Anticongelante;
  • Lanterna e pilhas;
  • Kit de primeiros socorros; 
  • Extintor de incêndio;
  • kit de ferramentas;
  • Roupas extras e calçado;
  • Cobertor;
  • Alimentos - por exemplo, chocolate, barras de cereais, sumo, água engarrafada;
  • Fósforos. 
kit
 
Antes de sair
 
Verifique as condições meteorológicas. Não arrisque se estiver mau tempo e aguarde até que as condições melhorem.
Use roupas confortáveis que não restrinjam os movimentos ao volante e coloque agasalhos caso tenha necessidade de sair do veículo.
 
Condução com condições meteorológicas adversas:
 
Como recuperar o controlo de seu veículo numa derrapagem? 
A derrapagem acontece quando as rodas deslizam fora de controlo. Pode envolver a frente, traseira ou as quatro rodas. A maioria das derrapagens resulta de velocidade excessiva para as condições da estrada ou do trânsito. Travagens bruscas ou acelerações rápidas, podem provocar a derrapagem do veículo e até capotar. 
Uma vez em derrapagem, deve orientar-se o veículo no sentido da derrapagem, olhando para a direcção que deve seguir, controlando a direcção. Tenha cuidado para não sair de traseira e não pise a embraiagem ou o travão.
Caso seja condutor de pesados, aguarde nas estações de serviço ou parques de repouso, não se esqueça que se ficar bloqueado na estrada, dificulta a actuação dos limpa neve e veículos de socorro.
 
Distâncias de paragem:
 
A condução no Inverno, em estradas cobertas de neve, faz com que as distâncias de paragem aumentem significativamente.
A título de exemplo, anexa-se tabela com distância de paragem em estrada com neve ou gelo até 0,05 m e a circular a 50km/h, com pneus normais (all-season tires) e pneus de Inverno (winter tires).
 
image3
 
Distância ao veículo da frente:
 
Leva mais tempo para parar numa estrada com chuva, neve e gelo. É importante deixar bastante espaço ao veículo à frente. Mantenha as luzes ligadas.
 
Estradas com neve
 
Neve ou gelo na estrada podem originar condução difícil. A neve húmida pode fazer as estradas lamacentas, podendo acumular-se nas cavidades das rodas dos veículos e afectar a capacidade de condução. Lembre-se de olhar para o meio envolvente da viatura que conduz, para que possa reconhecer e avaliar os riscos e ter tempo para responder. Ajuste a sua condução às condições meteorológicas e da estrada. Diminua a velocidade e evite guinadas no volante, travagens bruscas e note que as acelerações podem provocar derrapagem. 
Em estradas com neve, molhada e lamacenta, os veículos pesados podem largar humidade para o pára-brisas, levando a uma súbita perda de visibilidade. Conduza sempre defensivamente e deixe espaço suficiente. 
O cuidado extra deve ser exercitado, para quando houver necessidade da condução nestas condições! 
Lembre-se antes de sair, colocar as correntes ou outro equipamento equivalente nas rodas de tracção! A grande maioria dos veículos europeus, têm tracção às rodas da frente, à excepção de marcas como a BMW e Mercedes, que têm tracção às rodas de trás. 
 
Gelo
 
Tenha cuidado ao aproximar-se de áreas com sombra, assim como das pontes e viadutos, uma vez que são estas as secções da estrada que gelam mais depressa e as que assim permanecem geladas durante mais tempo após o sol nascer.
Cuidado com as geadas: as áreas da estrada que parecem mais pretas e brilhantes, podem fazer com que seu veículo de repente perca a tracção. Diminua a velocidade, e opte por uma mudança mais baixa. 
As correntes de neve não são eficazes nas estradas com gelo, a melhor solução é a redução da velocidade e a condução com precaução.
 
Limpeza de Neve 
 
O sal é dos materiais mais eficazes no controlo da neve e gelo. A aplicação de sal impede a neve e o gelo de se fixarem na superfície da estrada. Por esta razão, o sal é espalhado geralmente no início de uma tempestade e ao fim da tarde, para evitar a acumulação de neve e gelo e para ajudar nas operações de remoção de neve. 
 
Desta forma é fundamental que quando encontrar viaturas a espalhar sal ou a remover neve, deve guardar distância de segurança, para que os operadores possam trabalhar à vontade. 
 
Uma estrada com sal apresenta manchas ou secções uniformes e húmidas, fluindo através da rodovia. 
  image4
  image5
 
O inesperado
 
Se ficar preso na neve, não entre em pânico. Fique no interior do veículo para maior segurança e calor. Espere a chegada de ajuda.
Se estiver num local com o serviço SOS, telefone ou telefone móvel, peça ajuda marcando o n.º 273 300 240 da Protecção Civil, ou 112 (número de emergência nacional).
Se tentar retirar o seu veículo da neve, tome cuidado. Agasalhe-se, não realize demasiado esforço e mantenha-se visível. Use os quatro piscas. 
Em condições de neve, especialmente durante a noite, os ocupantes devem manter-se acordados, porque a ajuda pode levar algum tempo para chegar. 
É essencial manter a circulação corporal, movendo os pés, mãos e braços.
 
Lembre-se:
 
  • Verifique se o seu veículo está pronto para o Inverno;
  • Antes de sair ouça a rádio, actualizações meteorológicas e as condições da estrada, consulte o portal de tráfego da Infraestruturas de Portugal: www.estradas.pt;
  • Reserve algum tempo extra para chegar ao destino e considere adiar a viagem;
  • Notifique um amigo ou familiar do seu destino e hora prevista de chegada;
  • Tenha cuidado quando vir quatro piscas ou os veículos de limpeza de neve e espalhamento de sal;
  • Ao abordá-los, desacelere, fique para trás e seja paciente: NÃO ULTRAPASSE OS CAMIÕES LIMPA NEVE;
  • Se for condutor de veículo pesado, encoste e deixe os limpa neve trabalhar.
  • Cumpra as indicações das autoridades (GNR, PSP e Protecção Civil) e Bombeiros; 
  • SEJA PRUDENTE, CONDUZA COM SEGURANÇA. 
 
BOA VIAGEM!

Calculador de portagens

Seleccione a classe do veículo e o local de origem e destino para o qual deseja calcular a taxa.






* Versão em testes. Os valores apresentados são meramente indicativos e não vinculam a Estradas de Portugal.